Dieta para Diabetes Tipo 2

| Junho 6, 2012 | 0 Comments

Dieta para Diabetes Tipo 2

Manter uma dieta saudável é importante para todos, mas é especialmente importante para quem tem diabetes. A Associação Europeia dos Estudos para Diabetes (EASD) defende que numa dieta para diabetes tipo 2, seguir um plano de nutrição pode fazer toda a diferença entre manter um controlo do nível do açúcar no sangue adequado ou passar por variações da glicémia (nível de açúcar no sangue) que podem ser prejudiciais. Mas coloca-se uma questão, no que consiste um plano de nutrição saudável? Qual o grupo de alimentos e qual a quantidade que é adequada?

Vamos tentar responder a algumas destas questões. No entanto, uma visita a um nutricionista credenciado, médico endocrinologista ou diabetologista, assim como o seu enfermeiro do seu posto de saúde, é indispensável para o aconselhar de forma mais personalizada.

Hidratos de carbono e fibras na dieta para diabetes tipo 2

Os hidratos de carbono são uma das maiores categorias de alimentos (outras categorias incluem as proteínas e gorduras) numa dieta para diabetes tipo 2. Estes proporcionam energia a todo o corpo na forma de glucose. Glucose é um açúcar que constitui a fonte primária de energia para todas as células do corpo humano.

Os hidratos de carbono podem ser classificados de duas formas – simples e complexos. Hidratos de carbono simples são açúcares – como a glucose, sacarose, lactose e frutose. Estes podem ser encontrados, por exemplo, em açúcares refinados e em frutas. Hidratos de carbono complexos são os que proporcionam saciedade, que são constituídos por cadeias de açúcares simples ligadas entre si – podem ser encontrados, por exemplo, em leguminosas, frutos secos e cereais integrais. Os hidratos de carbono complexos são considerados alimentos saudáveis, principalmente, porque são digeridos de forma mais lenta pelo organismo, fornecendo energia de uma forma gradual e estável. São também uma fonte de fibra.

Os hidratos de carbono, ao contrário das gorduras e proteínas, são a categoria de alimentos que provocam um efeito imediato no nível de açúcar no sangue, já que estes são digeridos e transformados em açúcares numa fase inicial da digestão.

O que é a contagem de hidratos de carbono?

A contagem de hidratos de carbono é uma maneira simples de planear as suas refeições e manter uma ideia concreta da quantidade total de hidratos de carbono presentas na comida para diabéticos, que é ingerida diariamente. Irá ajudá-lo a comer aquilo que quer, distribuindo a quantidade de hidratos de carbono ao longo do dia o que proporciona um melhor controlo da sua glicémia.

Uma porção equivale a cerca de 12 a 15gr de hidratos de carbono, pode consultar a tabela no capítulo (Alimentos). Uma boa maneira de manter o nível de glicémia controlado, é fazer com que em cada refeição sejam ingeridos cerca de 24 a 30gr de hidratos de carbono. A contagem de hidratos de carbono pode ser usada por qualquer pessoa e não apenas por pessoas que queiram seguir uma dieta para diabéticos tipo 2 ou uma dieta para diabetes tipo 1.

Qual a quantidade de fibra que deve ser ingerida numa dieta para diabetes tipo 2? Fibra é a parte dos alimentos que não é digerida. Desempenha um papel importante na digestão pois ajuda a que os alimentos progridam pelos intestinos. É ainda importante saber que uma dieta rica em fibras está associada a um menor risco de obesidade, hipertensão, doenças cardíacas e câncer do intestino.

A fibra também:

Atrasa a absorção de açúcares, o que ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue. Promove a redução do “mau” colesterol (LDL). É uma boa fonte de vitaminas e minerais. Ajuda a prevenir situações de mau trânsito intestinal e reduz o risco de determinadas doenças intestinais. Promove diminuição do peso através da diminuição da ingestão de calorias, pois acrescenta volume à sua refeição fazendo com que se sinta saciado. A melhor maneira para acrescentar fibra numa dieta para diabéticos tipo 2 é comer mais alimentos ricos em fibra como por exemplo: Frutas frescas e vegetais; arroz integral, frutos secos, leguminosas e milho.

Gordura na dieta para diabetes tipo 2.

Porque a diabetes aumenta o risco de desenvolver doenças cardiacas, é particularmente importante ingerir alimentos baixos em gorduras, especialmente aqueles que são ricos em gorduras saturadas. Isto irá contribuir para um melhor controlo do seu peso. Este tipo de gorduras poderá ser encontrado por exemplo em queijos, carnes vermelhas, leite gordo, e alimentos fritos. Eis alguns conselhos para escolher e preparar alimentos baixos em gorduras saturadas para a sua dieta para diabetes tipo 2:

Escolha carnes magras como por exemplo peru ou frango do campo; prefira peixe rico em gorduras polinsaturadas como por exemplo salmão, sardinha, cavala ou atum; para cozinhar prefira o azeite ao óleo, pois este é rico em gordura polinsaturada.

O propósito de uma dieta para diabetes tipo 2 é manter um bom controlo da glicémia. Um bom planeamento da sua dieta assim como a contagem de hidratos de carbono, irão proporcionar a possibilidade de se sentir satisfeito com os alimentos para diabetes que come e ainda conseguir manter os níveis de açúcar no sangue dentro dos valores aceitáveis.

Temas Mais Pesquisados:

  • alimentação para diabéticos tipo 2
  • alimentos para diabéticos tipo 2
  • frutas para diabeticos tipo 2
  • alimentação para diabetes tipo 2
  • alimentação diabetes tipo 2
  • plano alimentar para diabéticos tipo 2
  • diabetes tipo 2 alimentaçao

Tags: ,

Category: Dieta Diabetes Tipo 2

About the Author ()

Deixe-nos o Seu Comentário...

*


9 + two =